erros no blog

4 erros no blog que costumam acontecer com frequência

Eu uso muito a internet diariamente, como produtora de conteúdo e também como cliente, pois compro praticamente tudo online, de roupas, calçados até produtos de papelaria. Tenho percebido alguns erros no blog muito frequentemente. É por este motivo que “aumentar o tráfego” é uma busca de muitas empresas.

Elas estão investindo em marketing de conteúdo, mas de maneira errada, fazendo com que o esforço, dinheiro e tempo gastos para a criação e manutenção daquele conteúdo sejam em vão. Pensando em ajudar você que está com este problema, criei este artigo para explicar alguns dos erros que podem estar atrapalhando a sua estratégia e prejudicando os seus resultados!

1.Falta de conteúdo informativo

Este é o ponto principal e um dos mais esquecidos por algumas empresas. Eu já vi sites que tinham apenas artigos falando diretamente sobre os produtos ou serviços, o que dificilmente gera um retorno, sabe por que?

Os potenciais clientes não vão procurar no Google pelo nome exato do seu produto ou do seu serviço. Na maior parte das vezes eles procuram pela solução de um problema, fazem perguntas ou buscam por informações relacionadas aos temas que desejam obter conhecimento.

Por exemplo: se uma pessoa está com dor de dente, ela não vai procurar no Google “tratamento de canal”. Possivelmente ela pesquisará por “como amenizar a dor de dente”.

Se você for uma clínica odontológica ou um dentista e tiver em seu blog um artigo sobre causas e tratamentos para dor de dente e ela estiver entre as primeiras páginas do Google, pode ter certeza que essa pessoa se interessará em lê-lo.

O mesmo ocorre com produtos. Ao invés de criar um artigo com as características do seu produto, faça um com informações que expliquem ao leitor quais as soluções que este produto proporciona, porque utilizá-lo será interessante para ele. Se você vende pantufas, por exemplo, é possível criar artigos como:

X calçados mais confortáveis para usar no inverno

Descubra porque é interessante dar pantufas de presente de aniversário

Como lavar pantufas sem comprometer a qualidade do tecido?

São muitas opções, estas citadas são apenas exemplos que acabei de bolar por aqui. Fato é que o Google prioriza cada vez mais os sites que possuem artigos bem escritos e informativos, portanto, quando você conseguir escrever um texto que realmente atenda ao seu potencial cliente, também estará escrevendo um bom artigo para ranquear no Google.

2. Artigos sem formatação e/ou SEO

Outro erro muito comum é criar um blog e investir em artigos interessantes, informativos, escritos por profissionais da área, mas que estão sem SEO e sem a formatação adequada. A formatação influencia muito nos resultados, pois ela é a forma como o Google lê o seu artigo.

Se você coloca intertítulos, mas não os formata como H2, o Google não saberá que eles são subtítulos. Aí sabe o que acontece? Nada. Ele acha que o seu texto está sem SEO e com baixa escaneabilidade. Também é preciso inserir hiperlinks que apontem para outros artigos do blog, para aumentar a permanência dentro do site, além de outras estratégias.

Neste ponto, existem duas alternativas: contratar uma agência para produzir os conteúdos ou, se você já tiver um especialista a disposição para escrever, é possível enviar os textos após a produção, para uma etapa de adequação ao SEO e uma revisão.

Com alguns ajustes você pode aumentar seus resultados de uma maneira surpreendente, de verdade!

3. Esquecer para quem é o conteúdo

Tudo bem que o seu texto foi escrito por alguém capacitadíssimo no segmento e tem informações valiosas, mas será que ele está realmente conversando com a sua buyer persona? A linguagem está adequada? Dá vontade de continuar lendo e de compartilhar com os amigos? De comentar?

O engajamento é uma parte importante da estratégia de marketing de conteúdo. Sempre que falamos, falamos com alguém e é preciso adaptar a linguagem de acordo com a pessoa que está lendo o texto. Você não fala com seu chefe da mesma forma que fala com o seu melhor amigo, certo?

O mesmo vale para os artigos. Adapte a linguagem e pense sempre com quem você está falando antes de começar a produzir o seu conteúdo. No final, não se esqueça de formular CTA’s (call to actions) que são pequenas chamadas para realizar uma ação, seja ela o compartilhamento nas redes sociais, comentários no post ou mesmo um convite para a leitura de um artigo relacionado ao tema.

4. Falta de divulgação

Um bom artigo vai ranquear no Google e receber acessos, mas não é por isso que você não precisa fazer esforço para que ele seja lido, né? Compartilhe nas redes sociais da empresa, invista um pouco em anúncios e os resultados virão muito mais rapidamente.

Viu como não é tão simples manter um blog? Apesar de ter muitos aspectos a se levar em consideração, pode ter certeza que adotar as estratégias certas te levará muito mais longe. Não desperdice o potencial deste canal direto com o seu cliente!

Se você precisa de uma força com seu conteúdo, pode contar comigo. Sou redatora há alguns anos e tenho diversas especializações na área. Podemos planejar a sua estratégia juntos e aumentar os resultados da sua empresa. Entre em contato!

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba dicas, Informações e novidades sobre marketing digital

Contato

E-mail: contato@1nicdigital.com.br
Nos acompanhe nas redes sociais
WhatsApp