banco de imagens grátis em português

Banco de imagens grátis em português: conheça os 8 melhores

As imagens são grandes aliadas na estratégia de marketing de conteúdo. No entanto, é importante saber que elas também são protegidas por direitos autorais e, por isso, você não pode simplesmente ir no Google Imagens, no Instagram ou no blog/site de alguém e utilizá-las.

Isso é crime passível de indenização e todo cuidado é necessário. O ideal é usar imagens com autorização e de acordo com o tipo de licença. Em bancos de imagens grátis você encontra diversas opções que podem ser utilizadas, inclusive para fins comerciais. Algumas exigem crédito e outras não.

Eu sei que existem muitos artigos com 500 opções de bancos de imagens grátis em português por aí, mas eu separei os 8 melhores bancos de imagem que eu testei e aprovei aqui para vocês. Afinal, melhor qualidade do que quantidade, não é mesmo? Confira!

Bancos de imagens grátis em português

1. Pixabay

O Pixabay é um banco de imagens grátis em português, embora sua versão oficial seja em inglês. As imagens são gratuitas e você pode baixa-las com ou sem cadastro. No entanto, recomendo que faça o cadastro para realizar o download sem precisar ficar marcando “Não sou um robô”.

2. Pexels

Outro site que uso bastante é o Pexels. Ele também não precisa de cadastro e você pode escolher as resoluções existentes e até baixar em uma dimensão personalizada. São várias opções e as imagens são de boa qualidade.

3. Freepik

O Freepik não é completamente gratuito, pois ele limita dois downloads gratuitos por dia, mas ele quebra um galho, principalmente quando se trata de vetores e ícones. Há uma grande variedade disponível e pode salvar aquela arte que você quer complementar, mas não entende muito de ilustração.

4. Burst

O Burst é relativamente novo e eu só conheci a pouco tempo, mas também recomendo. Esse banco de imagens grátis em português pertence à plataforma de e-commerce Shopify e conta com inúmeras imagens em alta resolução.

5. Vecteezy

A Vecteezy é um banco de imagens grátis em português que recebe contribuição de profissionais de todo o mundo. Lá você encontra ícones, elementos, planos de fundo, ilustrações e muito mais. Nem todos são gratuitos e também é preciso ficar atento a quais deles requerem atribuição, mas vale a pena salvar o link para posteriores consultas.

6. Flickr

Apesar de ser uma rede social de fotógrafos, o Flickr conta com bilhões de fotos e algumas delas possuem a licença Creative Commons e podem ser usadas gratuitamente. No entanto, lembre-se de seguir as diretrizes de acordo com a utilização e creditar o autor.

7. Tem Que Ter 

O Tem Que Ter é um banco incrível, brasileiro, que tem o objetivo de disponibilizar imagens para levar representatividade LGBTQIA+. As licenças das imagens, a menos que seja excplicitado na foto de maneira distinta, são Creative Commons Atribuição-Não-Comercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional (CC BY-NC-SA 4.0). Particularmente, achei o projeto IN-CRÍ-VEL e tem muitas imagens legais, inclusive do cotidiano, com pessoas da sigla. É a representatividade que pode ser inserida fora do conceito “mês da diversidade”. Use sem moderação. 

8. Young, Gifted and Black

Um banco de imagens feitos por mulheres negras, com modelos negras. O Young, Gifted and Black é simplesmente sensacional. As imagens são gratuitas até certa resolução, acima dela, elas são pagas. Também é legal dar crédito, para que o banco cresça ainda mais e a ideia se multiplique. Mais um para ser usado sem moderação.

Extra: bancos de imagens grátis em inglês

Se você tem conhecimentos básicos em inglês ou disposição para consultar o Google Tradutor, já pode usar os bancos de imagens grátis que estão em inglês. Apesar de ser necessário fazer a pesquisa em inglês, o esforço vale a pena, pois eles são muito bons e possibilitam o acesso a uma variedade maior de imagens. Conheça as melhores opções abaixo.

1. Unsplash

Totalmente em inglês, o Unsplash tem imagens incríveis e com uma resolução impressionante. Se você criar uma conta, pode adicionar a imagem a uma coleção e acessá-la depois. Isso é bem interessante, pois possibilita que você salve a imagem que gostou, mas que não se adequava ao que você procurava no momento.

2. Dreamstime

O Dreamstime é um dos bancos de imagens internacionais mais acessados. Nele você encontra imagens de baixo custo e gratuitas. A ferramenta de busca conta com opções que permitem fazer buscas avançadas e facilita a escolha.

Confesso que não utilizo muito, pois os anteriores já cumprem bem com a sua função e acabo não precisando pesquisar em outros lugares, mas achei válido falar dele.

3. Picjumbo

Outro site muito bom para baixar imagens grátis e livre de direitos autorais é o Picjumbo. São muitas opções e todas com boa resolução, com o benefício de não precisar fazer o cadastro.

4. FreeRange Stock

À primeira vista, o FreeRange pode parecer um pouco desorganizado, por conta dos anúncios e das imagens do Shutterstock que aparecem e são pagas. No entanto, quando você se acostuma com o layout vale a pena, pois existem várias imagens gratuitas e de boa qualidade, inclusive ilustrações.

Ele exige um cadastro, mas a grande vantagem é que você pode fazer o download em vários formatos, incluindo PIXLR. Também não é necessário dar créditos ao autor.

5. The Gender Spectrum Collection

O The Gender Spectrum Collection também é um banco com o objetivo de levar representatividade que vai além das fotos clichês. Ele é focado em fotos de modelos trans e não binários. É um projeto da Vice e que também acho sensacional. Confira as diretrizes de uso antes de utilizar.

6. Nappy

O Nappy é um banco de imagem gratuito com fotos de pessoas negras. Foi criado com o intuito de fornecer imagens do cotidiano com pessoas negras, o que não é muito fácil de encontrar nos bancos de imagens tradicionais.

Estes são alguns dos bancos de imagens grátis em português e inglês e você pode utilizá-los para deixar seu conteúdo incrível sem infringir nenhuma lei (importante, né?).

Quando possível, lembre-se de dar créditos ao autor da imagem, mesmo que o site coloque a ação como opcional. Aquela imagem super legal que você vai colocar nas redes sociais ou no seu site/blog, deu trabalho para ser feita e editada.

Dar créditos não influenciará no resultado que você busca e o autor ainda é estimulado a continuar fotografando. Todos ganham e o ambiente digital se torna mais empático.

Agora que você já tem essa super dica, que tal aprender sobre tipografia e como escolher as melhores fontes para seus projetos? Confira aqui!

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba dicas, Informações e novidades sobre marketing digital

Cases

Case Movin Indoor Training

A Movin Indoor Training chegou a nós com o desafio de gerar mais acessos no blog para captar mais clientes, aumentar o reconhecimento da marca e

Contato

E-mail: contato@1nicdigital.com.br
Nos acompanhe nas redes sociais
WhatsApp